sexta-feira, 6 de julho de 2012

Evangélicos podem participar de festas juninas? Teólogo responde


Evangélicos podem participar de festas juninas? Teólogo responde
Junho e julho são meses em que são comemoradas as festas juninas e julinas em todo o País. De caráter popular, as festas geralmente oferecem quitutes feitos de milho e doces e são feitas em homenagens aos santos da igreja católica, particularmente São João, além de Santo Antônio e São Pedro.
Mas a pergunta que muitos evangélicos se fazem nesta época é: podem os crentes participar dessas comemorações e comer da comida consagrada aos santos?
O teólogo e reverendo Augustus Nicodemus discorreu sobre o assunto em um artigo em seu blog e chama a  atenção para que os crentes não participem de cultos e festividades que tem como objetivo final prestar homenagens a santos e imagens.
Lembrando os ensinamentos de Paulo aos coríntios, ele cita que o apóstolo havia dito que os deuses dos pagãos são imaginários. “Ele afirma que aquilo que é sacrificado nos altares pagãos é oferecido, na verdade, aos demônios e não a Deus (1 Coríntios 10.20)”.
Na explicação do teólogo, os gentios não tem consciência que oferecem seus sacrifícios aos demônios. Referindo-se aos habitantes de Corinto, ele diz: “obviamente, eles pensavam que estavam servindo aos deuses, e nunca a espíritos malignos e impuros. Entretanto, ao fim das contas, seu culto era culto aos demônios”, ressalta.
O princípio fundamental é que o homem não regenerado, ao quebrar as leis de Deus, mesmo não tendo a intenção de servir a Satanás, acaba obedecendo ao adversário de Deus e fazendo sua vontade, diz o teólogo.
“Satanás é o príncipe desse mundo. Portanto, cada pecado é um tributo em sua honra. Ao recusar-se a adorar ao único Deus verdadeiro, o homem acaba por curvar-se diante de Satanás e de seus anjos”, diz, citando Romanos 1:18-25.
O reverendo destaca que comer a “carne” no templo onde a comida é dedicada aos santos, significa fazer parte do culto prestado a demônios “assim como comer o pão e beber o vinho na Ceia é parte de nosso culto a Deus”.
Ele conclui que consumir comidas servidas durante as festas juninas, como pamonha, milho, paçoca, pipoca ou pé de moleque no âmbito do evento, significa no “frigir dos ovos” prestar um culto aos santos.
Diante disso, a conclusão é que não é recomendável a participação dos evangélicos em festas consagradas a e estas imagens ou entidades religiosas.
Uma outra questão é se devemos ou não aceitar convites para eventos na casa de pessoas que professam outra fé ou mesmo são adeptos da idolatria. “Sim e não, responde Paulo. Sim, caso não haja, entre os convidados, algum crente “fraco” que alerte sobre a procedência da carne (1 Co 10.27). Não, quando isso ocorrer (1 Co 10.28-30)”, diz Nicodemus em seu artigo.
Já comer esses quitutes fora do ambiente de culto é lícito, pois fora do ambiente do culto pagão o alimento não mantém nenhuma relação especial com os demônios.  “Está ‘limpa’ e pode ser consumida”, resume o estudioso.

No Programa do Ratinho, pastor Silas Malafaia falou sobre divergências com Edir Macedo, Valdemiro Santiago e mais. Assista na íntegra

No Programa do Ratinho, pastor Silas Malafaia falou sobre divergências com Edir Macedo, Valdemiro Santiago e mais. Assista na íntegra
O pastor Silas Malafaia participou da edição de ontem, 05/07, do Programa do Ratinho, no SBT.
Silas Malafaia participou do quadro “Armadilhas da Natureza”, onde respondeu a perguntas sobre curiosidades do reino animal. O pastor empatou em 3×3 no jogo de perguntas e respostas, que disputava com Beth Guzzo, e como prêmio, recebeu uma televisão de plasma.
Entre uma resposta e outra, Malafaia falou sobre os dados divulgados recentemente pelo IBGE sobre a religião no Brasil, que apontou um crescimento dos evangélicos. O pastor da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo afirmou que “não queremos um evangélico para duas horas de culto, de liturgia. Nós queremos que o camarada viva a vida, interaja na sociedade, onde ele compra, onde vende”, referindo-se à conduta cristã.
O pastor foi questionado pelo apresentador Carlos Massa sobre suas divergências com o líder da Igreja Universal do Reino de Deus, bispo Edir Macedo, e afirmou que além da diferença teológica, rompeu devido às insinuações de que teria mudado o voto nas eleições presidenciais de 2010 por dinheiro: “No campo das ideias, nós podemos discordar. O Macedo insinuou em seu blog que eu recebi dinheiro para apoiar o Serra. Achei aquilo uma afronta”.
Perguntado sobre o apóstolo Valdemiro Santiago, Malafaia afirmou que muitos acreditam que a linha de atuação escolhida por ele é um golpe: “Tenho uma vertente teológica diferente da dele. Ele trabalha numa área de cura divina, e muita gente acha que é fraude, mas não é. Ele é usado [...] Poderia falar das minhas divergências com ele, mas vou deixar pra lá”, minimizou o pastor.
Confira no vídeo abaixo a participação do pastor Silas Malafaia no Programa do Ratinho:

Pastora ministra palestra sobre sexo com referências ao Kama-Sutra, e vende “produtos estimulantes” para os casais


Uma pastora da congregação da Igreja de Deus Pentecostal do Brasil (IDPB) resolveu enfrentar um dos maiores tabus enfrentados pela sociedade, e pela igreja, e decidiu ministrar palestras onde fala abertamente sobre o sexo.
A pastora Vânia Medeiros Pinheiro, 47, junto com a pastora de jovens Priscina Inocêncio, 23, e sua filha, Adriana Pinheiro, 27, ministra a palestra “O poder do sexo”, onde afirma estimular e incentivar a prática do sexo livre, dentro do casamento.
Em suas palestras, as pastoras ensinam que o casal deve experimentar posições sexuais além da mais tradicional, assim como também pode e deve usar produtos estimulantes e roupas sensuais. Para ensinar as posições capazes de garantir o orgasmo à mulher, elas buscaram nos registros de livros como o ‘Kama-Sutra’ e redesenharam as posições e atos para levá-los às palestras, entre eles, o sexo oral
- O sexo tem que ser bom tanto para o homem quanto para a mulher e não é pecado ter prazer em praticá-lo – explica Vânia.
- O que se vê nos meios evangélicos é que o homem é o único a ter direito a prazer, enquanto as mulheres são proibidas disso, o que está errado porque o sexo foi dado por Deus para o casal – afirma a pastora, que destaca a repercussão positiva que vem tendo com suas palestras e frisa que muitas mulheres ainda sentem dificuldade em abordar o assunto.
Além das palestras, o grupo de mulheres decidiu vender lingeries, roupas íntimas, cremes e perfumes, já que seria difícil às mulheres da igreja frequentarem um sex-shop. Segundo elas, o consumo de cremes e perfumes estimulantes é muito importante para as mulheres como um “algo a mais” para o estímulo sexual. Elas só condenam a masturbação e o uso de equipamentos como o vibrador, capazes de prover o prazer solitário.
As pastoras argumentam ainda que dentro da própria Bíblia há ensinamentos sobre a prática sexual, e dizem que roupas sensuais, perfumes e cremes ajudam a manter o “fogo” do casamento.
A pastora Vânia conta também que seu trabalho em incentivar o casal a investir no relacionamento íntimo ainda causa reações negativas dentro se sua própria igreja.
- Já ouvi alguém falar que eu deveria trabalhar com a Bíblia, mas o trabalho do pastor é mudar as mentes. Num sex-shop era constrangedor, porque ali banalizam o sexo, mas nós damos o valor dado por Deus a ele – relata.
De acordo com o site A Crítica, ela ressalta ainda que, através desse trabalho, “tiram das mulheres o sofrimento imposto às herdeiras de Eva, a primeira mulher por meio de quem, segundo a Bíblia, o pecado entrou no paraíso criado por Deus”.

Teólogo critica “milagreiros” e afirma que o “objetivo do evangelho é salvar vidas, não operar milagres”. Leia na íntegra

Teólogo critica “milagreiros” e afirma que o “objetivo do evangelho é salvar vidas, não operar milagres”. Leia na íntegra
A passagem bíblica de João 14:12, em que Jesus fala sobre a realização de obras maiores que a dele, foi tema de um artigo do teólogo e colunista do Gospel+, Ruy Marinho.
Ruy afirma que quando Jesus disse “aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço e outras maiores fará”, referia-se a “trabalhos maiores e não milagres maiores”.
O teólogo explica que “Cristo não está afirmando que faríamos milagres extraordinários maiores do que Ele fez, mas sim que a obra da Igreja, no poder do Espírito Santo, será “maior” do que a obra de Jesus, em sentido numérico e territorial”.
Para justificar sua interpretação, Ruy Marinho usa a origem das palavras usadas no texto original e também afirma que “até hoje não vi ninguém operar milagres e sinais extraordinários como: andar sobre as águas, curar cegos e paraplégicos, reconstituir mutilados, ressuscitar mortos, transformar água em vinho, ler pensamentos, multiplicar pães e peixes etc.”.
Em uma crítica à abordagem feita por igrejas neopentecostais dessa passagem, o teólogo afirma que “o grande problema é que muitos pregadores ‘milagreiros’ utilizam Jo 14:12 de forma isolada e fora de contexto, interpretando o texto de maneira literal, para tentar justificar seus truques de ilusionismo e de misticismos exóticos”.
Ruy Marinho aponta o ministério de Jesus como referência de conduta e abordagem dos milagres: “O Evangelho em si tem como objetivo de salvar vidas e não de operar milagres físicos, pois estes são meros coadjuvantes da mensagem evangelística (1Co 15:1-4, 1Tm 1:15). Em seus sermões, Jesus nunca priorizou curas, milagres e sinais. Os mesmos eram acompanhantes de suas pregações, nos quais testificavam que Ele era o Messias Ungido de Deus”.
Leia a íntegra do artigo “Porque não operamos milagres maiores que os operados por Jesus” de Ruy Marinho, neste link.

quarta-feira, 4 de julho de 2012

ANIVERSARIANTES DA SEMANA - PARABÉNS QUERIDOS


Prª. Regina Galvão - - 06 de Julho



Samuel Alves - - 08 de Julho

O ÁPICE DA ADORAÇÃO - PARTE II

video

Falecimento do apóstolo Afif Arão mobiliza políticos e líderes evangélicos pelo Brasil

Falecimento do apóstolo Afif Arão mobiliza políticos e líderes evangélicos pelo Brasil

No último domingo faleceu em Manaus o apóstolo Afif Arão, líder da Igreja Renovada no Acre. O líder religioso estava há 10 dias internado na Unidade de Tratamento Intensivo de um hospital da capital do Amazonas. Arão sofria de hepatite e teve o quadro clínico agravado por uma pneumonia viral. Ele estava em coma induzido e respirava com ajuda de aparelhos.
Além de líder da Igreja Renovada em seu estado, o pastor é conhecido por ter introduzido no Acre a “visão celular”, também conhecida como “modelo dos 12” e por ser o responsável por criar a primeira Marcha para Jesus no Estado.

Especialista fala sobre o fim do mundo e afirma: “O anticristo será o próximo Papa”. Leia na íntegra e entenda

Especialista fala sobre o fim do mundo e afirma: “O anticristo será o próximo Papa”. Leia na íntegra e entenda

Por ocasião da recente declaração do autointitulado “Jesus Cristo Homem”, de que 2/3 da população mundial morreria no dia 30/06 e diversas outras previsões de que o mundo acabará em 2012, entrevistamos o palestrante Luiz Carlos Fernandes, conhecido por ser um profundo estudioso do Apocalipse.
Durante a entrevista, Fernandes afirmou que as lideranças cristãs não instruem os fiéis a respeito das revelações do Apocalipse, e essa postura, abre brechas para o surgimento de falsas doutrinas: “Infelizmente não é raro as lideranças evangélicas afirmarem que esse [Apocalipse] é um livro velado, misterioso, impossível de ser entendido. Sinal evidente que as mesmas não são verdadeiros servos de Jesus Cristo, além de o chamarem de mentiroso, pois se Ele diz que é uma revelação como podem afirmar que é um mistério?”, observa.

Perguntamos a Luiz Carlos Fernandes sobre as tentativas por parte de alguns líderes religiosos de prever a data do fim do mundo, e sua resposta foi enfática: “Essa postura é diametralmente oposta à direção que Jesus deixou aos seus discípulos, pois ele mesmo declarou em Atos dos Apóstolos, no versículo 7 do capítulo 1 que ‘não vos compete conhecer tempos ou épocas que o Pai reservou pela sua exclusiva autoridade’. Na verdade isso é uma estratégia de Satanás para confundir o povo de Deus [...]Fanáticos e extremistas religiosos tem saído pelo mundo afora a propagar data, dia e hora para a volta de Jesus lançando descrédito sobre os verdadeiros servos de Jesus Cristo que estudam e compreendem as sagradas escrituras através do Espírito Santo”, afirmou.

Sobre os acontecimentos recentes na sociedade, a nível nacional e internacional, com estabelecimento do casamento gay no Brasil, sugestão do Papa para a criação de uma moeda única mundial e escândalos financeiros envolvendo líderes evangélicos, Fernandes disse que “As Sagradas Escrituras afirmam em Apocalipse 17 a respeito de uma grande prostituta e de suas filhas [...] Essa grande prostituta de Apocalipse 17 é uma igreja, porém não uma igreja qualquer, mas a Palavra de Deus afirma que é a mãe de todas as igrejas! Ela é a fonte geradora de todo o mal e abominações da Terra e pior, tem filhas”, ressaltou.

Confira abaixo a integra da nossa entrevista com Luiz Carlos Fernandes:

Sabemos que no original, Apocalipse quer dizer Revelação, porém, a mensagem em si trazida pelo livro, é apenas um alerta para o fim dos tempos, ou possui lições que devam ser tiradas para o cotidiano cristão?
Por incrível que possa parecer, a resposta para essas perguntas encontram-se logo no primeiro capítulo e primeiro versículo do livro do Apocalipse, que diz: “Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu para mostrar aos seus servos as coisas que em breve devem acontecer”. É importante ressaltar que, assim como em todas as cartas enviadas pelos correios, existe a figura do remetente e destinatário, assim também na carta do Apocalipse, existe o Remetente (Jesus Cristo) e os destinatários (seu servos).
Daí se conclui uma grande verdade atualmente entre o povo cristão, faltam servos, pelo menos de Jesus Cristo. Servos de si mesmos creio que é o que não falta. Infelizmente não é raro as lideranças evangélicas afirmarem que esse é um livro velado, misterioso, impossível de ser entendido. Sinal evidente que as mesmas não são verdadeiros servos de Jesus Cristo, além de o chamarem de mentiroso, pois se Ele diz que é uma revelação, como podem afirmar que é um mistério?
Outro ponto muito importante que salta aos olhos no versículo 1:1 de Apocalipse, é que, essa revelação tem um tempo específico para acontecer: “As coisas que em breve devem acontecer”. Aqui nesse vídeo eu faço uma explanação sobre esse tema: http://www.oamanhahoje.com/revelacaofinaldoapocalipse_dvd01.htm
Ou seja quando os servos de Cristo compreenderem plenamente a profecia é porque ela está para acontecer em breve. Resumindo, quando as coisas escritas nesse livro estivessem prestes a acontecer, seriam entendidas por um grupo especial de pessoas: os verdadeiros servos de Jesus Cristo.

Vemos diversas pessoas e religiões tentando prever o fim do mundo. Alguma delas pode estar certa?
Essa postura é diametralmente oposta à direção que Jesus deixou aos seus discípulos, pois ele mesmo declarou em Atos dos Apóstolos, no versículo 7 do capítulo 1 que ‘não vos compete conhecer tempos ou épocas que o Pai reservou pela sua exclusiva autoridade’.
Na verdade isso é uma estratégia de Satanás para confundir o povo de Deus nesses últimos dias onde o engano tem se tornado a palavra de ordem. Não é a toa que no sermão profético de Mateus 24, Jesus se refere ao engano nesses últimos dias, quatro vezes em um único capítulo.
Fanáticos e extremistas religiosos tem saído pelo mundo afora a propagar data, dia e hora para a volta de Jesus lançando descrédito sobre os verdadeiros servos de Jesus Cristo que estudam e compreendem as sagradas escrituras através do Espírito Santo.
A palavra “profecia”, no original hebraico, é chazón. Pode ser traduzida como visão, mas significa especificamente “revelação” ou “instrução de Deus”. Nesse contexto, sem a instrução divina, o povo está condenado a uma vida de fracasso e deterioração. O dom de profecia na igreja não tem por objetivo predizer o futuro de ninguém, e sim convencer o pecador de seus maus caminhos.
A profecia segue três fundamentos: consolar, edificar e exortar, conforme 1Co 14:3. Jamais devemos esquecer que a maior profecia é a palavra de Deus. A Bíblia Sagrada é a revelação de Deus para o seu povo, para que este encontre consolo nas horas de aflição, encontre forças e seja ensinado quando lhe falte sabedoria e ânimo ou corrija quando se está andando em caminhos que não são os caminhos do Senhor, ou seja, da Luz, da Verdade e da Vida.
Em 1 Tessalonicenses, no capítulo 5, o apóstolo Paulo explica que não devemos extinguir o Espírito e não devemos desprezar as profecias. O fato é que não havendo profecia, o povo se corrompe, seja a profecia da palavra de Deus.

Recentemente foi autorizado o casamento gay no Brasil, o Papa sugeriu um governo e moeda única mundial e diversos líderes religiosos foram pegos se aproveitando do dinheiro doado à igreja. Na sua opinião esses são sinais e parte do Apocalipse?
As Sagradas Escrituras afirmam em Apocalipse 17 a respeito de uma grande prostituta e de suas filhas. Biblicamente falando, mulher simboliza Igreja. Veja por exemplo nesse texto em 2 Coríntios 11:2, a analogia: “Porque zelo por vós com zelo de Deus; visto que vos tenho preparado para vos apresentar como virgem pura a um só esposo, que é Cristo”. Essa grande prostituta de Apocalipse 17 é uma igreja, porém não uma igreja qualquer, mas a Palavra de Deus afirma que é a mãe de todas as igrejas! Ela é a fonte geradora de todo o mal e abominações da Terra, e pior, tem filhas!
Aqui nesse vídeo eu faço mais uma explanação específica sobre esse tema: http://www.oamanhahoje.com/revelacaofinaldoapocalipse_dvd03.htm
Ora se uma Igreja tem “filhas”, as mesmas também só podem ser outras igrejas.
A Bíblia também afirma em Apocalipse 18 que esse sistema formado pela mãe e pelas filhas, virou uma morada de demônios. Eu lhe pergunto: infelizmente não é isso que temos visto nas igrejas hoje em dia, com raríssimas exceções?
Veja o texto em Apocalipse, 18:2: “Então, exclamou com potente voz, dizendo: Caiu! Caiu a grande Babilônia e se tornou morada de demônios, covil de toda espécie de espírito imundo e esconderijo de todo gênero de ave imunda e detestável”. Toda a imundície que temos visto pelo mundo afora, é decorrência dessa ”mãe”, fonte geradora de abominações. É triste como ela tem dado a beber de suas imundícies e falsas doutrinas pelo meio cristão e igrejas e líderes em todo o mundo tem bebido do seu vinho de prostituições. Apocalipse 14:8: “Seguiu-se outro anjo, o segundo, dizendo: Caiu, caiu a grande Babilônia que tem dado a beber a todas as nações do vinho da fúria da sua prostituição”.

O senhor entende que a internet será uma ferramenta importante de alerta dos cristãos antes do arrebatamento?
Creio que Jesus profetizou literalmente sobre a internet em Marcos 4:22: “Pois nada está oculto, senão para ser manifesto; e nada se faz escondido, senão para ser revelado”. Hoje todos os veículos de comunicação em massa estão em poder da elite global, porém através da internet tudo aquilo que está sendo acobertado está sendo revelado.

Na série de livros “Deixados para trás”, os autores narram uma história fictícia de cristãos que não foram arrebatados e que buscam formas de se juntar e se ajudar mutuamente. Para você hoje pessoas que se dizem cristãos poderão não ser arrebatados na volta de Cristo devido a falta de sabedoria e conhecimento?
O arrebatamento secreto é uma grande mentira. Um dos truques mais astutos do diabo é iludir os cristãos de que Jesus os tirará deste mundo antes do início dos três anos e meio da Grande Tribulação. Quem acreditar nisso estará totalmente despreparado para esse período e terá sua fé seriamente abalada.
O próprio Jesus assim disse: “Logo depois da tribulação daqueles dias… verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória. E Ele enviará os seus anjos com grande clanmor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus” -Mateus 24:29,31.
Depois da tribulação, aparecerá o sinal do Filho do Homem nos céus. Depois da tribulação, todas as tribos da Terra se lamentarão. Depois da tribulação, verão o Filho do Homem vindo nas nuvens do céu com poder e grande glória. Depois da tribulação, Ele enviará Seus anjos com o clangor da trombeta e reunirá os Seus eleitos. Somente então Jesus virá para nos buscar — depois da tribulação. Nem um dia antes!
E porque Jesus vai voltar? Para recolher os seus eleitos (eklektos, em grego), os escolhidos, os salvos. Os cristãos ainda estarão pregando o Evangelho e conquistando multidões para o Senhor nessa hora de tribulação. Por que Ele haveria de retirar os Seus obreiros justamente nesses últimos anos, quando as pessoas vão estar mais desesperadas pela salvação e haverá uma das maiores safras de almas de todos os tempos, quando “faremos proezas e instruiremos a muitos”? (Mateus 9:37-38; Daniel 11:32-33).
Ora, se faremos proezas e instruiremos a muitos durante a Tribulação, é porque ainda estaremos aqui. E o Senhor vai precisar de seus servos para explicar às pessoas o que estará acontecendo. Mas se Deus ama tanto os cristãos, alguns podem dizer, por que permitirá que passem pela Tribulação? — Para prová-los! Ele irá provar a fé deles para ver se realmente crêem. Será que vão pregar o Seu nome ou se envergonharão dEle, deixando de dar testemunho da sua fé para tentar salvar suas vidas? Ele irá tentar purificá-los pelo fogo para, como diz a Sua Palavra, embranquecê-los (Daniel 11:35).
Se você está lendo isso agora, sinto muito se isso o decepciona! Talvez pensasse que ser cristão seria uma garantia de que Ele viria em seu socorro antes que algo horrível acontecesse. Pois não é assim! A tribulação vai nos fazer passar pelos fogos refinadores, mas os que têm verdadeira fé sairão puros como o ouro.
Sabemos que a Tribulação será um período difícil, ou não teria esse nome. Mas não antevemos, temerosos, uma terrível derrota. Vai ser, na verdade, um momento de grande vitória sobre as forças de Satanás e um tremendo triunfo sobre o ímpio Anticristo. Será uma época de acontecimentos marcantes, mas também haverá poderes impressionantes para nos proteger, livrar e guardar até o fim (Daniel 11:32; Apocalipse 12:7-11; Apocalipse 17:14). Não precisamos nos preocupar nem temer, pois Deus cuidará dos Seus (Apocalipse 3:10; 7:1-3; 12:6).

Muitos acreditam que conspirações como Iluminatis, Nova Ordem Mundial e as Grandes Famílias são mentiras. Qual a sua opinião?
Aproveito essa sua pergunta para deixar um conselho para os cristãos sinceros de todo o mundo pois sei que o alcance do site Gospel+ é muito grande. Pare de investir seu todo o seu tempo em estudar os Illuminatis, a Nova Ordem Mundial, etc… Invista seu tempo em buscar a Deus e compreender o que Ele deseja e espera de você nesses últimos dias! É muito fácil constatar desde o começo do mundo na história sobre Caim e Abel, na Torre de Babel, Ninrode, etc… que o coração egoísta e degenerado do ser do homem que não conhece a Deus se volta para explorar seus semelhantes. Isso não é novidade portanto é claro que existe uma centralização de poder visando dominar os mais fracos.
Porém tenha conhecimento disso, mas não se deixe envolver investindo seu tempo exclusivamente em estudar sobre essas temas. Estude a Bíblia, nela encontrará direção e consolo para a sua vida!

Quem é o Anticristo revelado pelo Apocalipse?
O anticristo será o Oitavo Rei e Papa está em Apocalipse 17,11 , digo Rei e Papa porque após o Vaticano ter se tornado um Pais pelo Tratado de Latrão assinado em 1929 com Mussolini (http://pt.wikipedia.org/wiki/Vaticano), todos os Papas a partir de 1929 além de Papas também são Reis, já que o Vaticano é um Estado Soberano, com o Regime de Goveno Monárquico e como tal seu Chefe Supremo e Líder, o Papa, é também um Rei.
Após a saída de Bento XVI que é o Sétimo Rei e Papa o Vaticano se dividirá em 4 governantes, somente após isso virá o Oitavo Rei e Papa. Na verdade não será humano, será um demônio personificando o falecido Papa João Paulo II, que com certeza foi o mais famoso em todos os tempos. Ele supostamente ressussitará voltando da morte para a vida, ele sim será o Oitavo Rei e Papa o verdadeiro anticristo que a Bíblia revela e levará o mundo a perdição (Apocalipse 17.8)
Gravei 3 palestras sobre esse assunto que renderam 3 DVDs, e estou disponibilizando em alta resolução gratuitamente nesses endereços abaixo:

Que Deus te abençoe!

Saudações cordiais,

Luiz Carlos Fernandes - Fernandes Spiritual Group

Pesquisa aponta novos indícios sobre a ressurreição de Cristo

Pesquisa aponta novos indícios sobre a ressurreição de Cristo

Uma pesquisa realizada por um grupo de arqueólogos norte americanos trazem novos indícios da ressurreição de Jesus Cristo, o resultado dos estudos foram apresentados recentemente em Nova York, trazendo a conclusão da pesquisa que foi realizada em Jerusalém.
O professor James Tabor, diretor do departamento de estudos religiosos da Universidade da Carolina do Norte, um dos responsáveis pela pesquisa, falou à Agência EFE, “Até agora me parecia impossível que tivessem aparecido túmulos desse tempo como provas confiáveis da ressurreição de Jesus ou com imagens do profeta Jonas, mas essas evidências são claras”, disse o pesquisador.

Descoberto no início da década de 80 quando da construção de um prédio, o túmulo, que está situado há pouco mais de três quilômetros da cidade antiga, só pode ser pesquisado a partir de 2009, quando o professor Tabor conseguiu uma autorização da Autoridade de Antiguidades de Israel para realizar a escavação.

O estudo, realizados com auxílio de câmeras de alta tecnologia, revelou uma inscrição grega fazendo referência à ressurreição de Cristo, feita “por alguns dos primeiros seguidores de Jesus”, disse James Tabor.

“Nossa equipe se aproximou do túmulo com certa incredulidade, mas os indícios que encontramos são tão evidentes que nos obrigaram a revisar todas as nossas presunções anteriores”, citou James. O professor acaba de lançar um livro, intitulado “The Jesus Discovery”, trazendo na íntegra os resultados da pesquisa.

Arqueólogos descobrem mosaico que conta história de Sansão

Arqueólogos descobrem mosaico que conta história de Sansão

Em Israel, pesquisadores descobriram um mosaico em uma escavação arqueológica em uma sinagoga, na Galileia, que conta a história bíblica de Sansão. Os arqueólogos disseram que a peça tem aproximadamente 1600 anos. Junto com o mosaico foram encontrados escritos no idioma hebraico.
A pesquisa está sendo liderada por Jordi Magness, professor da Universidade da Carolina do Norte, conforme informações do jornal “The Jerusalem Times”. A sinagoga que está sendo estudada seria uma das utilizadas pelos Rabinos do Talmud para realização de estudos, onde eles se encontravam para aprender a Torá, livro sagrado dos Judeus.

O “ponto alto das descobertas foi um mosaico colorido de altíssima qualidade”, explicou um dos pesquisadores envolvidos no projeto. O objeto mostra um par de raposas com uma chama conectando seus rabos, além de trazer inscrições em hebreu.

A mensagem do texto antigo “parece louvar aqueles que se dedicam a atos de bondade”, e elucida que, as pessoas de bem “estarão em paz”.